Letra da Música

Só vou ser bem feliz numa casa pequena
Pintada de branco de portas abertas
Pra quem lá chegar
Um cavalo pintado um cachorro vadio
O vento no rosto a viola e o tempo
Pra te amar...
Eu quero viver sem muito falar
Quero o sol no coração
E um amigo que possa abraçar
E sentir o valor da vida queimar
Na aguardente corpo e alma
Livre no tempo numa paz bem maior
E sentar na varanda sem nó na garganta
Bebendo a tarde na concha da alma a brilhar
E te dar meu calor
Ser a tua luz quando o dia apagar
Do brilho os olhos
Da força ao sangue
A brisa mansa sobre o teu ombro a soprar
E sentar na varanda sem nó na garganta
Bebendo a tarde na concha da alma a brilhar